NOTÍCIAS

 

Primeiros veículos 100 elétricos chegam a Cabo Verde.

O dia 07 de fevereiro de 2019 ficará marcado na história de Cabo Verde, com a apresentação dos primeiros veículos 100% elétricos no país.

Enquadrado no Programa de Apoio ao Setor de Energias Renováveis, financiado no âmbito da Cooperação entre o Grão-Ducado do Luxemburgo e Cabo Verde, foi elaborado o Plano de Ação para a Mobilidade Elétrica (PNME), assim como a coordenação do processo de aquisição conjunta entre a Cooperação Luxemburguesa, as concessionárias ELECTRA e Águas de Ponta Preta (APP) e o ECREEE (financiado pela União Europeia e GIZ) de 7 viaturas 100% elétricas, que irão servir como experiência piloto para a Mobilidade Elétrica no país.

Na cerimónia pública que aconteceu no Centro para as Energias Renováveis e Manutenção Industrial (CERMI), foi apresentada a Carta de Politica para a Mobilidade Elétrica, um importante instrumento para o País, sendo que visa estabelecer uma visão estratégica, e comunicar as principais medidas para orientar a criação de condições necessárias, para a fase inicial de arranque, seguida pela segunda fase de massificação a longo prazo da utilização de veículos elétricos, assegurando o adequado desenvolvimento das infraestruturas necessárias, a adequação regulamentar e oferta de serviços que permitam a qualquer cidadão ou organização, o acesso as soluções de mobilidade elétrica.

 

O Governo pretende que a CPME seja um instrumento de diálogo com os parceiros internos e externos no que tange a compromissos de Cabo Verde, para a materialização dos objetivos do Programa Nacional para a Sustentabilidade Energética, e para concretização das metas adotadas internacionalmente no âmbito do Acordo de Paris.

A CPME prevê até 2030 uma infraestrutura nacional de carga completamente implementada, a integração da frota da administração pública 100% com veículos elétricos. A carta prevê igualmente que Cabo Verde tenha apenas veículos elétricos a circularem nas suas estradas até 2050.

De realçar que nesta fase inicial foram instalados 7 postos de carga. Sendo que as viaturas adquiridas têm autonomia de mais que 200 km, com o consumo de 12.6 h/100Km.

Assim deu se um passo importante, inovador e inspirador para África, de um pequeno estado insular do atlântico com grandes aspirações.

Um marco importante que contou mais uma vez com o apoio da Cooperação Luxemburguesa, sendo que a aposta na Mobilidade Elétrica no país, para além de potenciar uma maior integração das Energias Renováveis, terá implicações diretas na estrutura organizacional do mercado de energia, induzindo o surgimento de novas áreas de prestação de serviços, o que exige um esforço coordenado de adequação do setor a um novo contexto.

Contate-nos: 238 2604815   /  energiasrenovaveis.cv@gmail.com  /   Rua do Funchal, CP nº 146/A, ASA, Cidade da Praia. 

© 2019 por GV